Literatura - Expressa

Literatura - Expressa - Literatura!!!







domingo, 31 de outubro de 2010

Há algo nela que me faz sonhar


No meio do caminho ela apareceu,
E antes que eu pudesse perceber,
O frio em meu peito sua luz enterneceu
E o que há de melhor em mim fez renascer

Há algo nela que me faz sorrir,
Ir e vir num sonho viajante,
Por seu semblante belo e tranqüilo,
Meu refúgio contra a dor e o perigo.

Há algo nela que me faz sentir,
O pulsar alto e inquietante,
De meu coração errante,
Quando dela da voz a melodia posso ouvir

Há algo nela que me faz pensar,
Que a tênue linha entre o odiar e o amar,
É frágil e inocente, mas mutável e envolvente;
Carente como chama prestes a se apagar.

Há algo nela que me faz sonhar,
Buscar um futuro de nós dois,
Onde juntos podemos sorrir, cantar, viver
Sermos nós mesmos e um e o outro,
Pintar um quadro,
Dançar na chuva,
Rolar na grama do jardim;
Brincar de amar,
Amar brincando,
Sentindo teu perfume doce como o do jasmim

Há algo nela que me faz amar,
Querer estar a seu lado,
Em seu colo permanecer deitado
E mil juras proclamar
Todas sinceras
Nem todas eternas
Que durem até onde o tempo nos deixar.


Faz tempo que eu não postava um dos meus poemas por aqui, e esse acabou, literalmente, de ser escrito agora a pouco nesta noite do dia 31/10/2010...A história desse poema...Bem, pode parecer meio piegas mas vamos lá: estava eu ouvindo "Something" dos Beatles, com a guitarra na mão acompanhando a melodia...Ora essa música é verdadeiramente bela, Frank Sinatra inclusive afirmou ser essa a mais bela canção de amor na opinião dele. O fato é que ouvindo essa música, vieram-me muitas coisas à mente, e não pude resistir ao impulso de escrever algo...Nasceu então esse poema, simples, mas bastante sincero. Então...ei-lo aqui. Ah, gostaria de agradecer a Bruna, principal responsável por me fazer voltar a escrever depois de um hiato tão grande (risos), por isso se alguém vier a gostar desse poema, nem que seja numa galáxia muito distante (risos) vai ser por causa dela. E obrigado ao George Harrison, autor de músicas únicas; sempre aprendo algo com elas...Aufwiedersehen




5 comentários:

  1. AÊÊÊÊÊÊÊÊÊ!
    Finalmente não estou mais sozinha!
    xD
    Caramba, muito lindo e fofo o teu poema. Quando tu te casar, se tem uma coisa com a qual tu não vai ter problema, é em fazer tua mulher se encantar ctgo todo dia.
    xD. Muito bem!
    [To pensando em lançar uma campanha: Façam Pedro Oliveira postar de novo!]

    ResponderExcluir
  2. Opa, obrigado msm pelos elogios huauhahua. Bom, se tu quiseres eu posso pregar cartazes de "Procura-se Pedro" nas paredes do CCSo da UFMA hauuhauhahuha. beijos

    ResponderExcluir
  3. sei que não estou so

    ResponderExcluir
  4. gostei muito e me inspirei a fazer um poema tambem

    ResponderExcluir